Home - Diversidade & Inclusão - Empresas mais diversas estão garantindo seu próprio amanhã
Voltar para os posts

Empresas mais diversas estão garantindo seu próprio amanhã

Diversidade faz bem – inclusive para os negócios. Empresas mais diversas faturam mais e têm processos de decisão mais precisos.

Rodrigo Goldacker
Empresas mais diversas estão garantindo seu próprio amanhã

Que a diversidade é uma necessidade para transformar nossa realidade e construir uma sociedade mais justa, todos nós já sabemos. Mas investir em diversidade, ao menos em empresas, quer dizer também transformar a realidade dos próprios negócios e se tornar mais competitivo em um mercado em que, cada vez mais, um time diverso se torna fundamental para sobreviver.

Empresas já perceberam este valor – mas ainda estão muito atrás em implementá-lo realmente. Em pesquisa da ONU divulgada em 2021, por exemplo, foi demarcado que 87% das empresas desejam ser reconhecidas por valorizar diversidade, mas o número das que estão dispostas a preparar o ambiente para que esta diversidade exista de fato cai para só 60%.

Mas por que a diversidade se tornou algo tão desejável para os negócios?

Contribuindo para a criatividade e para a tomada de decisões

Para começar, investir em diversidade é ter mais perspectiva para impedir que vieses prejudiquem a tomada de decisões. Não é por menos que cargos como o de leitor sensível se tornam cada vez mais importantes para trazer novas perspectivas diversas para as  discussões, especialmente na comunicação.

Uma equipe diversa pode descobrir mais cedo que um certo posicionamento será mal visto por uma determinada parcela da sociedade – e nesses casos, um time diverso pode ainda ajudar a construir um posicionamento que seja mais inclusivo para se comunicar com todos.

Além disso, a diversidade por si só já constrói também oportunidades de maior criatividade, com um leque maior de referências a considerar. É o que destaca, por exemplo, um texto da startup Diversidade Importa: “Quanto mais diversa é uma equipe, maiores as possibilidades de ser criativo e inovar no ambiente de trabalho. Isso porque a diferença entre as pessoas enriquece o diálogo e a busca por novas soluções.”

Empresas mais diversas são mais lucrativas

A transformação que a diversidade traz para empresas pode ser medida em números – é o que comprovou o relatório Why Diversity Matters e sua atualização de 2017, ambos realizados pela Mckinsey: empresas com mais diversidade em cargos executivos e no conselho administrativo tendem a ser mais lucrativas.

Ainda assim, o mesmo levantamento garante também que há pouca diversidade étnica e cultural em equipes executivas – e os números também são baixos na questão de representatividade entre gẽneros nos cargos de liderança.

O que a pesquisa aponta, portanto, é que a razão real para as dificuldades em construir ambientes de trabalho mais diversos estão associadas principalmente a empecilhos sociais e culturais – mas que existem pressões econômicas que privilegiam empresas mais diversas e que as beneficiam tanto em eficiência, quanto em lucratividade.

Apesar da conversa envolver números, o motivo pelo qual a diversidade é lucrativa ainda é bastante humano: segundo o estudo, alguns dos motivos para o bom desempenho de empresas mais diversas são a capacidade de atrair e reter melhores talentos, aumentar a satisfação do time e, como já mencionamos, aprimorar a tomada de decisões.

Quer aprender mais sobre diversidade?

Na próxima quinta-feira, dia 07, às 17h, nossa head de Gente e Cultura, Roseane Santos, estará com a convidada Daniele Malafonte, fundadora da startup Diversidade Importa, especializada em estratégias de gestão, para a conversa “Diversidade Importa?”, transmitida ao vivo pelo Instagram da PYXYS. A conversa é imperdível para todos que querem entender melhor a importância de uma relação humanizada com os consumidores e quais são as implicações de não pensar sobre diversidade nas empresas.