Home - Nossos Resultados - Como o Estadão Imóveis cresceu 1.000% no orgânico em 1 ano

Como o Estadão Imóveis cresceu 1.000% no orgânico em 1 ano

Como o Estadão Imóveis cresceu 1.000% no orgânico em 1 ano

O desafio

Números baixos no digital, falta de ranqueamento orgânico, dificuldades para crescer, zero estratégias de SEO: esse era o cenário do Estadão Imóveis.

Dado esse desafio, a PYXYS precisava unir três pontos importantes para o desenvolvimento do projeto: conteúdo, dados e SEO.

Precisávamos:

  • Buscar dados para basear toda a estratégia, visto que o objetivo final era o crescimento orgânico do portal Imóveis.
  • Produzir conteúdos relevantes, no padrão de qualidade Estadão, seguindo todas as boas práticas de SEO.
Desafio

A Solução

Pensamos na solução para o Estadão Imóveis analisando as principais dores do cliente: baixo tráfego orgânico e poucas palavras-chaves ranqueadas.

A partir desse olhar, começamos a mapear o movimento de cada um dos players do mercado imobiliário, principalmente os que tinham o conteúdo como core business

Disso, de forma estratégica, elaboramos um plano de crescimento para o Estadão Imóveis.

Solução

As seguintes soluções da
PYXYS foram utilizadas:

Conteúdo e Social
Conteúdo e Social
Produção recorrente de conteúdo para aumento de palavras-chaves e, consequentemente, tráfego. Também divulgação das matérias nas redes sociais.
BI e Performance
BI e Performance
Análise de dados para basear todas as ações.
Negócios e Estratégia Digital
Negócios e Estratégia Digital
SEO como estratégia principal, com estudo dos concorrentes e estratégias aplicadas nos conteúdos para otimizar o posicionamento orgânico.
Solução

Resultados

O tráfego em Janeiro 2020 era na casa dos 23 mil. Com o avanço da produção de conteúdo e implementação das estratégias de SEO, em Janeiro 2021 batemos a casa de 250 mil, totalizando um crescimento orgânico de um pouco mais de 1.000% em um único ano.

Solução

Quer ver seu projeto aqui?

Fale com a gente para receber uma consultoria personalizada para o seu negócio